PwC deixa de exigir diplomas para aumentar a diversidade


Mudança vale para cargos iniciais e estágios. Entenda

Por Bloomberg/Valor 15/08/2022

A PricewaterhouseCoopers (PwC) – uma das firmas no Reino Unido que mais emprega pessoas formadas – anunciou que deixará de exigir diplomas com altas classificações, como parte de seus esforços para atrair candidatos de condições menos favorecidas para trabalhar na empresa. A firma informou que não exigirá mais diplomas com classificação 2:1 como requisito mínimo para estágios ou cargos iniciais.

Escolas buscam um modelo ideal para o MBA

Por que os jovens andam desiludidos e desengajados?

Saiba quais são as habilidades mais valorizadas pelas empresas

“Talento e potencial são determinados por mais do que notas acadêmicas”, disse Ian Elliot, diretor do departamento de pessoas da PwC, acrescentando que a iniciativa permitirá “obter progressos reais para motivar a mobilidade social de recrutas na PwC.”

PwC deixa de exigir diplomas para aumentar a diversidade — Foto: Unsplash

Apenas 14% dos britânicos se formaram com um diploma 2:2 [uma classificação inferior] em 2021, segundo a Agência de Estatísticas da Educação Superior do Reino Unido, enquanto 3% tiveram a classificação mais baixa, de terceira classe. Mais de 80% conseguiram um diploma 2:1, de classe superior.

O Reino Unido possui um sistema diferente de classificação de diplomas, no qual o aluno recebe ‘honras’, dependendo do nível de tarefas e rotina acadêmica para um determinado período

A PwC também informou que, pelo terceiro ano consecutivo, as pessoas saindo do ensino médio que tiverem uma oferta da firma terão seus cargos garantidos, mesmo se não conseguirem as notas exigidas anteriormente, de nível A.

Um porta-voz da KPMG, outra das chamadas “big four” firmas de auditoria do mundo, disse que ainda se espera de seus formados que obtenham um diploma 2:1, mas acrescentou que avalia cada candidato individualmente. Em 2015, a firma de auditoria rival EY havia deixado de exigir o diploma 2:1. A EY “tem sido capaz de recrutar e de ter acesso a um conjunto de talentos muito mais amplo e diverso”, desde que tomou a decisão, segundo Justine Cambell, sócia-gerente da área de talentos.

(Tradução Sabino Ahumada) 

https://valor.globo.com/carreira/noticia/2022/08/15/pwc-deixa-de-exigir-diplomas-para-aumentar-a-diversidade.ghtml

Se você tiver interesse e ainda não estiver inscrito para receber diariamente as postagens de O Novo Normal, basta clicar no link: https://chat.whatsapp.com/HOBnTZ1EH6Z0l2lo0PHYf2 (13) para WhatsApp ou https://t.me/joinchat/SS-ZohzFUUv10nopMVTs-w  para Telegram. Este é um grupo restrito para postagens diárias de Evandro Milet. Além dos artigos neste blog, outros artigos de Evandro Milet com outras temáticas, publicados nos fins de semana em A Gazeta, encontram-se em http://evandromilet.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: