O DNA do inovador


por Jeffrey H. DyerHal GregersenClayton M. Christensen(tradução e resumo Evandro Milet)

Como encontrar pessoas inovadoras na minha empresa? Como eu posso ser mais inovador? Essas perguntas desafiam os executivos que entendem que a habilidade para inovar é o segredo do sucesso dos negócios.

Em artigo na Harvard Business Review, Jeffrey Dyer, Hal Gregersen e Clayton Christensen, professores de estratégia em Harvard e MIT, identificaram cinco tipos de capacidades ou habilidades que distinguem os executivos mais criativos: associação, questionamento, observação, experimentação e networking.

Eles descobriram que os empreendedores ou CEOs mais inovadores passam 50% mais tempo nessas atividades que os não inovadores. Isso caracteriza o que eles chamaram de DNA do inovador. E a boa notícia é que, se você não nasceu com isso, você pode aprender e cultivar.

Empreendedores inovadores têm algo chamado inteligência criativa que difere de outros tipos de inteligência (como sugerido pela teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner). É mais do que a habilidade cognitiva de usar o lado direito do cérebro. Os inovadores envolvem os dois lados do cérebro à medida que potencializam as cinco habilidades para criar novas ideias.

Estudos de gêmeos idênticos separados no nascimento indicam que nossa capacidade de pensar criativamente vem um terço da genética; mas dois terços das habilidades de inovação vem por meio do aprendizado – primeiro entendendo uma determinada habilidade, depois praticando, experimentando e, finalmente, ganhando confiança na capacidade de criar. Os empreendedores inovadores no estudo adquiriram e aprimoraram suas habilidades de inovação exatamente dessa forma.

Habilidade  1: Associação

Associar, ou a capacidade de conectar com sucesso questões, problemas ou ideias aparentemente não relacionadas de diferentes campos, é fundamental para o DNA do inovador. O empresário Frans Johansson descreveu esse fenômeno como o “efeito Medici”, referindo-se à explosão criativa em Florença quando a família Medici reuniu pessoas de uma ampla gama de disciplinas – escultores, cientistas, poetas, filósofos, pintores e arquitetos. À medida que esses indivíduos se conectavam, novas ideias floresciam nas interseções de seus respectivos campos, gerando assim o Renascimento, uma das eras mais inventivas da história. Para entender como funciona a associação, é importante entender como o cérebro funciona. O cérebro não armazena informações como um dicionário, onde você pode encontrar a palavra “teatro” abaixo da letra “T”. Em vez disso, associa a palavra “teatro” a qualquer número de experiências de nossas vidas. Alguns deles são lógicos (alguma peça que assistimos ou um artista), enquanto outros podem ser menos óbvios (talvez “ansiedade”, devido a uma experiência desastrosa na escola). Quanto mais diversificada for nossa experiência e conhecimento, mais conexões o cérebro pode fazer. Novas entradas desencadeiam novas associações; para alguns, isso leva a novas idéias. Como Steve Jobs frequentemente observou, “Criatividade é conectar coisas”.

Habilidade 2: Questionamento

Mais de 50 anos atrás, Peter Drucker descreveu o poder das perguntas provocativas. “A tarefa importante e difícil nunca é encontrar as respostas certas, é encontrar a pergunta certa”, escreveu ele. Os inovadores constantemente fazem perguntas que desafiam a sabedoria comum ou, como afirma o presidente do Grupo Tata, Ratan Tata, “questionam o inquestionável”. 

Pergunte Por que?” e Porque não?” e “E se?”

A maioria dos gerentes se concentra em entender como fazer com que os processos existentes funcionem um pouco melhor . Os empreendedores inovadores, por outro lado, são muito mais propensos a desafiar as suposições. Pensadores inovadores têm “a capacidade de manter em suas cabeças duas ideias diametralmente opostas”. Empreendedores inovadores gostam de bancar o advogado do diabo. Pedir a si mesmo ou a outras pessoas que imaginem uma alternativa completamente diferente pode levar a percepções verdadeiramente originais. Questione as restrições: Um dos nove princípios de inovação do Google é “A criatividade adora restrições”.

Habilidade 3: Observação

Os executivos inovadores produzem ideias de negócios incomuns examinando fenômenos comuns, especialmente o comportamento de clientes em potencial. Ao observar os outros, eles agem como antropólogos e cientistas sociais.Os inovadores procuram cuidadosa, intencional e consistentemente pequenos detalhes comportamentais – nas atividades de clientes, fornecedores e outras empresas – a fim de obter insights sobre novas maneiras de fazer as coisas. Os observadores tentam todos os tipos de técnicas para ver o mundo sob uma luz diferente. Akio Toyoda pratica regularmente a filosofia Toyota de genchi genbutsu – “ir até o local e ver por si mesmo”. A observação direta frequente está embutida na cultura Toyota.

Habilidade 4: Experimentação

Quando pensamos em experimentos, pensamos em cientistas de jaleco branco ou em grandes inventores como Thomas Edison. Assim como os cientistas, os empreendedores inovadores testam ativamente novas ideias, criando protótipos e lançando pilotos. (Como disse Edison: “Não falhei. Simplesmente encontrei 10.000 maneiras que não funcionam.”) O mundo é seu laboratório. Ao contrário dos observadores, que observam intensamente o mundo, os experimentadores constroem experiências interativas e tentam provocar respostas não ortodoxas para ver quais insights emergem.  Bezos vê a experimentação como tão crítica para a inovação que a institucionalizou na Amazon. “Eu incentivo nossos funcionários a irem por becos sem saída e experimentar”, diz Bezos. “Se conseguirmos descentralizar os processos de modo que possamos fazer muitos experimentos sem ser muito caro, teremos muito mais inovação.”

Habilidade 5: Networking

Dedicar tempo e energia para encontrar e testar ideias por meio de uma rede de indivíduos diversos oferece aos inovadores uma perspectiva radicalmente diferente. Ao contrário da maioria dos executivos – que fazem networking para acessar recursos, vender a si próprios ou a suas empresas ou para impulsionar suas carreiras – os empreendedores inovadores se esforçam para encontrar pessoas com diferentes tipos de ideias e perspectivas para ampliar seus próprios domínios de conhecimento. Para isso, eles fazem um esforço consciente para visitar outros países e conhecer pessoas de outras esferas da vida.Eles também participam de conferências de idéias, como Tecnologia, Entretenimento e Design (TED), Davos e o Festival de Idéias de Aspen. Essas conferências reúnem artistas, empresários, acadêmicos, políticos, aventureiros, cientistas e pensadores de todo o mundo, que vêm apresentar suas mais novas idéias, paixões e projetos.

Para melhorar suas habilidades de networking, entre em contato com as cinco pessoas mais criativas que você conhece e peça que compartilhem o que fazem para estimular o pensamento criativo. Você também pode perguntar se eles estariam dispostos a atuar como seus mentores criativos. A sugestão é realizar almoços de ideias regulares, nos quais você conhece algumas novas pessoas de diversas funções, empresas, setores ou países. Faça com que eles falem sobre suas ideias inovadoras e peça feedback sobre as suas. 

O empreendedorismo inovador não é uma predisposição genética, é um esforço ativo. O slogan da Apple “Pense diferente” é inspirador, mas incompleto. Descobrimos que os inovadores devem agir de forma diferente para pensar diferente. Ao compreender, reforçar e modelar o DNA do inovador, as empresas podem encontrar maneiras de desenvolver com mais sucesso a centelha criativa em todos.

https://hbr.org/2009/12/the-innovators-dna

Se você tiver interesse e ainda não estiver inscrito para receber diariamente as postagens de O Novo Normal basta clicar no link: 

https://chat.whatsapp.com/BJnVYTeAIS5EDxI3py98KK

Este é um grupo de WhatsApp restrito para postagens diárias de Evandro Milet. 

Além dos artigos neste blog, outros artigos de Evandro Milet com outras temáticas, publicados nos fins de semana em A Gazeta, encontram-se em http://evandromilet.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: